quinta-feira, 30 de abril de 2009

Palestra: O conhecimento de si mesmo e do outro.

Trata-se de uma comunicação da vida, daquilo que cada um é e experimentou na sua vida.

1 - Conhecer-se bem - : Será que vocês já se conhecem bem ?
Será que você conhece realmente a pessoa com quem quer se unir para o resto da sua vida ?

Marido/esposa falam das virtudes ou defeitos ( ex: dormir pouco ou muito, ser quieto ou agitado, ou gostos pessoais.

Citar características peculiares, comuns, para que os noivos sejam capazes de se identificarem. ( fato engraçado ).

2 – Aceitar-se - : “ Amar a Deus sobre todas as coisas e amar ao próximo como a si mesmo” ( Sócrates: “ Conheça a si mesmo e conseguirá dominar suas emoções “).

Nem Sempre é fácil nos amarmos, nos aceitarmos. Será que nós nos amamos?

- Descrever características pessoais de que não gostava em si mesmo(a), quando jovem, e como se sente agora;
- Falar da facilidade ou dificuldade que têm de se aceitarem, de reconhecer as limitações, apesar do desejo de quererem ser melhores. ( Rm 7, 14-24 ).

3 – Aceitar o outro: - Reconhecer em si alguma característica que dificulta a vida do outro cônjuge.

4 - Deus deu talentos a todos: - Deus nos fez à sua imagem e semelhança ( Gen 1,26 ).
Não temos somente defeito, temos virtudes também.

5 – Cultivar as virtudes e trabalhar os defeitos: - Reconhecer nossas limitações e procurar melhorar naquilo que podemos mudar. A maturidade humana e conjugal é um processo longo e lento.

6 - O exagero de uma característica positiva – Quando conversamos com pessoas que não têm muito a ver conosco, procurar não exagerar ao elogia o cônjuge pra que não se dê a idéia de “estar vendendo” para os outros. Isso só é permitido quando o contexto assim o permitir, por exemplo, quando se está dando um testemunho.

7 – Características do Casal: - Ex: Um homem que não tenha muito tato ou sensibilidade com uma mulher extremamente sensível. Um é mais ousado, arrisca demais; o outro, na hora, de fazerem um negócio juntos, não quer arriscar nada. É importante ter uma sintonia. Por isso, sempre as coisas devem ser bem pensadas e em conjunto.

8- Conhecer-se: Tarefa permanente: Estamos sempre crescendo como pessoas; Nunca terminamos de nos conhecer e conhecer o outro; Precisamos sempre estar atentos a essas mudanças. O amor Conjugal quando é sincero e verdadeiro, faz milagres.
9 - Diálogo como Solução - aprender dialogar, é aprender a ouvir mais do que falar.

12 comentários:

  1. Somos Isaura e severino,
    Caxias-MA.
    Hoje Iremos falar sobre conhecimento de si e do outro numa comunidade carente. Muito oportuno esse texto pois, nos fez reativar na memória alguns pontos necessários para nos fazer entender ao falarmos para pessoas de nível cultural baixo. Muito bom, obrigada!
    A paz de Nosso Senhor Jesus Cristo e o amor de Maria.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pelo comentário!
    Poderemos trocar informações!
    Cleusa e Paulo - Pastoral Familiar- Legitimação

    ResponderExcluir
  3. Adorei conhecer essa palestra pois trabalhamos com encontro de noivos.Pastoral de Duque de Caxias - RJ.
    heloisartes@oi.com.br

    ResponderExcluir
  4. Obrigada!
    Na verdade, houve uma falha em não informar a fonte. Essa palestra pertence ao Guia de Preparação para a vida Matrinonial, publicado pela CNBB, especificamente para nortear os trabalhos da Pastoral Familiar.
    É um material muito rico que precisamos divulgar a todos.
    Um abraço fraterno!
    Cleusa e Paulo - Pastoral Familiar de Naviraí/MS

    ResponderExcluir
  5. Pastoral Familiar Paróquia São Judas Tadeu19 de novembro de 2011 00:57

    Muito bom conteudo resumidamente tudo o que precisamos colocar para os casais.
    Casal Zeca e Isa .Pastoral Familiar de Belém-Pará.

    ResponderExcluir
  6. Eu Manoel Francisco Teodosio e minha esposa Maria Ivone vamos ministrar uma palestra na Paróquia são sebastião de Faxinal-Paraná para um curso de noivos , um grande abraço a todos e meus agradecimentos a Pastoral familiar

    ResponderExcluir
  7. Meu marido e eu iremos dar uma palestra no Encontro de Noivos na diocese de Petrópolis, RJ, com esta temática.
    Parabéns pela iniciativa de colocá-la no blog. Isto muito nos ajudará.
    Paz e Bem!

    Suzana e Conrado

    ResponderExcluir
  8. Amanhã iremos dar essa palestra no Curso de Noivos da nossa paróquia e foi muito interessante ter encontrado esse material para juntar com o que nós temos. Obrigada

    ResponderExcluir
  9. Parabéns pela iniciativa de postar essas dicas, Meu esposo e eu somos coordenadores do Pré Matrimônio em nossa Paróquia - Santa Rita de Cássia em Campo Mourão - Pr. E uma dica legal para essa palestra é também inserir uma dinâmica para os casais interagirem. Eu sempre faço um Quizz onde os dois não possa se ver, coloco eles entre um tapume ou parede com duas placas simbolizando feminino e masculino onde eu e os demais participantes consiga ver (pra brincadeira ficar legal) ai faço perguntas rotineiras e os dois tem que levantar a placa representando quem é... Ex>: quem gosta mais de arrumar a casa?

    A mulher (obviamente) levantara a placa representando a mulher.
    O homem (obviamente) levantara a placa representando a mulher.
    assim marcamos a pontuação.
    Para o casal que não erra nada, ou seja, eles se conhecem muito bem, leva um brinde (simples) , e para os casais que errarem tudo, pagam prenda, eles se divertem e acabam assumindo seu papel no casamento, e o curso fica super divertido!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alessandra, poderia me remeter mais elementos desse Quizz..adorei a idéia.

      Excluir
  10. Nossa adorei essa dinâmica Alessandra e tbm a palestra ótima parabéns.Eu e o meu esposo vamos fazer essa palestra domingo próximo no curso de casamento somos da pastoral familiar de Barrocas ba diocese de Serrinha.

    ResponderExcluir
  11. Muito legal o material... obrigado, marcelo e aline londrina/pr

    ResponderExcluir